Darling Cap 1 - Dia na faculdade.




Feridas. Quanto tempo demora para que uma ferida se cicatrize ? 4 dias? 6 dias ? uma semana? Pois Bem, você com certeza é uma pessoa de sorte, após uma semana o seu machucado estará curado e a dor parará. Mas, e um coração ferido? Quantos anos demora para cicatrizar?. Bem, o meu demorou anos, me deixando de presente uma ferida invisível que dói até hoje. Eu juro, que por mim eu nunca mais veria essa pessoa que me fez sofrer tanto, porém isso é meio que impossível quando essa pessoa é seu colega de sala. 

- Kate-ah! - gritou minha amiga  batendo desesperadamente na porta de meu quarto.

- Mas o que você tem? - perguntei me levantando ainda sonolenta indo em direção a porta para destrancar a mesma. - Eu quero dormir! - falei

- Você quer morrer? - ela falou entrando no quarto. - Não quero chegar atrasada de novo na faculdade.

-Só? - perguntei.

-Como assim "só"? - ela perguntou.

- Lizzy. - falei calmamente. - Você quer morrer? - perguntei

- Aishh, você é tão preguiçosa. Por você nós sairíamos daqui faltando 1 min.

- Já por você, sairíamos daqui um mês antes. - retruquei.

-Aigoo, você é tão preguiçosa. Foi sua mãe que disse para eu te acordar, culpe ela. - falou ela.

- Essa é a sua desculpa de sempre para me acordar.- falei , ela me olhou fazendo aegyo. -Está bem ! - disse levantando as mãos como se estivesse me rendendo.

Lizzy como sempre desceu a escada e foi em direção a sala, ligou a televisão e ficou lá me esperando. Eu fui me arrumar e tomar o café que minha mãe tinha preparado para mim, depois que terminei de me arrumar, percebi que ainda estava um pouco cedo, levei um lanche para Lizzy que estava quase dormindo no sofá da sala, depois que ela terminou, começamos a conversar, conversamos tanto que quando percebemos já era quase 8:00, tivemos que corre um pouquinho para não chegarmos atrasadas, sem contar que tive que ouvir Lizzy falando que eu não me arrumei direito, que eu estava parecendo uma menina-homem, acreditam?
Eu sei que eu não tenho as roupas mais femininas do mundo, mas quem conhece essa garota sabe o quão exagerada ela é.

Sorte é que eu moro perto da universidade, chegamos lá 8:23, não tinha mais ninguém no pátio, já deu para perceber que estávamos bem atrasada.
Corremos o campus todo procurando a nossa sala, subimos escadas, escorregamos naquele chão escorregadio, Lizzy ria igual uma louca, alguns garotos que passavam pelo corredor riram de nós, devia ser engraçado mesmo, não os culpo, estávamos desesperada, tanto é que a Lizzy errou o caminho duas vezes.
Quando finalmente encontramos nossa sala, entramos nela e todos, eu disse todos os alunos nos encararam.
Aquilo me incomodou, eu nunca gostei de ser nem que por um minuto o centro das atenções, principalmente por aquele garoto.

- Kate e Lizzy. - falou a professora Kim, eu acho.

- Lizzy e Kate. - Corrigiu Lizzy .

Eu estava de cabeça baixa, tentando não olhar na direção dele. Sem querer eu olhei para ele, foi o pior erro da minha vida ter olhado. Por quê? Ora, porque ele estava olhando para mim e o pior é que eu estava o achando tão lindo hoje, ficamos nos olhando e ele sorriu para mim, eu devia estar parecendo uma retardada ma--

- Ei Kate. - chamou Lizzy, eu olhei para ela assustada

- Você vai ficar ai ou o quê?

Eu nem pude responder, Lizzy me puxou pelo braço me arrastando até a nossa mesa.
Falando em mesa, na nossa universidade todos sentam em grupo de dois, isso é diferente já que nas outras universidades de Seul  não é assim.

- Kate-ah, você ainda gosta do Hyun Soo, não é ? - perguntou Lizzy.

- Como? Não, claro que não . - falei envergonhada. - eu odeio ele.

- Não negue. - falou Lizzy.

- Eu sei que você gosta, eu vi como vocês se olharam hoje de manhã.

- Eu n-nã-- Eu iria negar, mas nossa professora interrompeu.

- Pessoal, todo mundo olhando para mim agora. - disse a senhora Kim batendo palmas para chamar a atenção da turma.

- Hoje eu decidi passar um trabalhinho para vocês, que será feito em grupos de dois, no qual eu escolherei seus parceiros. - disse Kim olhando para todos os alunos, um por um.

- Sung Hwa. - disse ela apontando para o garoto atrás de mim. - Você fará com Seung Ah.

Escutei Sung Hwa resmungando palavras que não pude entender direito, mas acredito eu que ele não estava feliz em ter que fazer o trabalho com outro homem.

- Kyung Hye e Lizzy. -ela continuou.

Nessa hora eu entrei em desespero, se Lizzy vai fazer com Kyung Hye, com quem eu irei fazer o trabalho?

- Soo Ji e Hwang Ah.

- Min Ree e Min Ho.

- Kyung Hwa e Myu Dee

- Hyun Soo e Kate.

O quê? Hyun Soo e eu? Mas, não não não ele não.
Eu olhei para ele e o mesmo sorriu, eu corei e desviei o olhar. Não acredito nisso, eu vou ter que fazer com ele?
Depois que a senhora Kim escolheu  os grupos ela explicou o que precisávamos fazer. As aulas passaram muito rápido e eu tentava ao máximo não olhar para Hyun Soo.
Eu ainda não consigo acreditar que terei que ficar perto do garoto que mais me fez sofrer nesse mundo.

- Kate-ah, ele está olhando para você. - disse Lizzy praticamente cantando.

- Quem? - olhei para todos os lados e olhei para Hyun Soo que estava olhando para mim, olhei para Lizzy.

Ela sorriu para mim safadamente.

- O q-- - mal pude começar a frase e o sino bateu, eu arrumei minhas coisas rapidamente para não ter que falar com Hyun Soo.

- Não adianta, você vai ter que falar com ele. - falou minha amiga Lizzy-safada.

- Kate! -  uma voz familiar veio de trás de mim, eu me virei para encara-lo. - Nós podemos conversar sobre o trabalho. - Hyun Soo perguntou timidamente.

- Não--

- Sim. - Lizzy me interrompeu.

- Não. -falei.

- Até mais Kate. - disse Lizzy saindo da sala me deixando sozinha com Hyun Soo.

Agora nós estávamos lá dentro sozinhos, estava um silêncio agoniante naquela sala.

- Kate. - Hyun Soo falou.

Eu o olhei, fiquei surpresa quando vi a mão dele estendida em minha direção.

- Podemos ir para outro lugar?

Eu devia o odiar com todas as minhas forças, mas eu apenas segurei sua mão e fui para onde ele queria me levar.
Quando eu me deu conta, eu já não estava mais na universidade e estava entrando em uma casa que me parecia familiar. Quando ele abriu a porta e nós entramos eu me lembrei que casa era aquela, a casa em que ele me traiu.

---Fim do Capítulo 1---


Lívia says : E ai , o que acharam? Espero que tenham gostado e que não tenha ficado grande demais. Comentem, digam se gostaram da história, se a escrita esta boa, se ficou muito grande, enfim ,tudo. Eu vou adorar ler todos os comentários, beijinhos.

12 comentários:

  1. Yay, que da hora gente :3 Livia, estou adorando a fic, sempre estarei acompanhando aqui viu!

    Beijos | Old Colors ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que esta gostando!!! Obrigada!
      Bjs ^-^

      Excluir
  2. aaah adoreei , espero ler as outras tbm
    Beijos

    cantinhodarebec.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da fanfic!!
      Beijão ~^-^~

      Excluir
  3. Escreve muito bem! parabéns , e quando chegar o próx capitulo vc me avisa.

    bjs http://gitavaresblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Vai sair o segundo cap ainda hoje.
      Bjs ^-^

      Excluir
  4. Já estou adorando a sua fanfic =) Não vou conseguir perder nenhum capítulo ^^

    Kisses

    ResponderExcluir
  5. Uau comecei a ler agora, e já estou gostando. ^^
    Bjs :*

    ResponderExcluir